Como ganhar mais dinheiro com um blog sem aumentar as visitas

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por Fabio Vasconcelos

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe

Hoje em dia, diversos blogueiros ficam presos a mitos do passado. Um dos grandes mitos relacionados a ganhar dinheiro com um blog e que  muitos pensam, é que a única maneira existente para aumentar o dinheiro gerado com um blog é aumentando o número de visitas. Muitas vezes não é possível aumentar as visitas, pois os esforços para a divulgação de um blog dão resultado de uma forma bem devagar.

Felizmente não precisamos ficar tentando aumentar nossas visitas para ganhar mais dinheiro, desde que você tenha no mínimo umas 150 visitas por dia irá dar tudo certo. As vezes o que precisamos fazer é apenas algumas modificações nos anúncios que são implantados em locais incorretos do site, onde ninguém os vê.

 

Posições

A posição dos anúncios dentro da página é um dos fatores mais importantes, mas não o principal. Um exemplo que nunca dá certo, são as pessoas que colocam os anúncios apenas no menu de navegação do site, este local é onde os visitantes menos prestam atenção e quase nunca dão cliques nas publicidades e por isso geram um valor baixo de lucro no fim do mês.
O ideal para todos nós é adicionarmos os blocos de anúncios dentro ou perto do conteúdo publicado em nossos blogs. Veja um exemplo:

Anúncios do Adsense

Harmonização

No caso dos anúncios contextuais do Adsense, quando mais eles forem relevantes ao layout de seu blog, maior poderá ser a taxa de conversão.
Tudo isso pode ser configurado na hora de criar um bloco de anúncios. Você poderá configura-lo para exibir nos links e textos as mesmas cores que são exibidas no fundo de seu layout.

– Qual é o tamanho do seu sonho de ganhar dinheiro na internet? 

A relevância

Os anúncios do Google Adsense possuem um sistema que é capaz de identificar facilmente o assunto abordado na página pelas keywords adicionadas na página, com isso ele permite que sejam exibidos anúncios relevantes ao conteúdo, ou seja, anúncios de publicidade relacionados com o texto. Com esse sistema do Adsense é bem mais fácil do visitante visualizar a publicidade, se interessar e acabar presenteando com um clique.

Já os outros programas de afiliados não possuem esse fabuloso sistema. Nos outros programas de afiliados você precisa escolher uma categoria de publicidade que encaixe no nicho de seu site.

– 5 sites criativos para servir de inspiração 

Diversificação

Para conseguir um melhor resultado na hora de monetizar um blog, uma coisa que aconselho a fazer é se diversificar entre os programas de afiliados. Não fique preso apenas com o Google Adsense, use outros programas de afiliados que se encaixem com seu blog, mas lembre-se de usa-los moderadamente.

– A engrenagem que tem que aprender para ganhar dinheiro com blog

Realização de Testes

Todos nós sabemos que nem todos os programas de afiliados dão lucro da mesma maneira. Existem diversos aspectos que podem influenciar no sucesso de um blog, o principal deles é o interesse de seus visitantes e em seguida o posicionamento dos anúncios, a qualidade de cada publicidade, o nicho (assunto) de seu banner, a qualidade do site para onde vai redirecionar sua publicidade e outros. Por isso é extremamente importante que você faça testes e mais testes e sempre monitorando como o programa de afiliados está lhe dando lucros. Troque os locais de onde as publicidades são exibidas, as cores se no caso for do Adsense, o tamanhos dos banners e outros. Mesmo fazendo tudo isso e o programa de afiliados não der resultado, você deve trocá-lo e realizar os mesmo testes com o novo programa de afiliados.

– Ganhe mais dinheiro com um nicho que você gosta

Conclusão

Hoje em dia muitas pessoas deixam de ganhar dinheiro com um blog porque não sabem trabalhar da forma correta, muitos não fazem os devidos testes para acompanhar o desempenho de cada bloco de anúncio e ainda trabalham com programa de afiliados que não tem nada a ver com o assunto que ele aborda no site dele.
Já passei por alguns momentos das “vacas gordas” no meu antigo blog, mas também teve meses que eu não ganhava nada. Fui estudando, praticando e aprendendo mais e mais.
Por ter essa experiencia no que dá certo ou não, eu recomendo que você nunca pense que seu site alcançou o limite da monetização porque sempre é possível ganhar mais e mais dinheiro, só basta realizar alguns testes.

Gostou do artigo? Deixe um comentário.

Compartilhe

Comece pelo nosso treinamento gratuito

Como Criar Um Negócio Online Do Absoluto Zero

Se você está a começar e não sabe nada, este curso vai ajudá-lo a criar bases para começar um negócio online.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


7 Comentários

  • John Heine disse:

    Julio Cesar! Muito obrigado por este post, simplesmente fantástico, com certeza se todos implementarmos as dicas deste post estaremos aumentando a rentabilidade de nossos sites, os Internautas Normalmente leem uma página em formato de F e não em Z como lemos normalmente, ou seja, eles leem o Titulo, se for do Agrado deles olham a Introdução, percorrem um pouco mais o post na vertical, até o segundo parágrafo e rolam a página até o final, ou seja, os anúncios devem ser postos nestes locais do F, abaixo ou acima do título, no segundo parágrafo e no final do post, exatamente como é feito aqui no DINHEIRO MAIS, hehehe. Grande abraço a todos e Julio, mais uma vez Parabéns pelo excelente Post. Parabéns Fábio pela ótima qualidade do Dinheiro Mais.

    1. Julio Cesar disse:

      Olá John Heine,

      Primeiramente obrigado pelo elogio.
      Você falou com todas as palavras a verdade sobre os visitantes em busca de conteúdo. Se o site não possuir conteúdo de qualidade, o visitante apenas lê algumas frases do post e vai embora, o que causa o grande aumento na taxa de rejeição de um blog.

      Abraço e Sucesso!

  • Julio Cesar disse:

    Olá Cleiton Araújo,

    Estou muito bem e você?
    Realmente a ferramenta disponibilizada pelo Google é bastante útil para todos nós blogueiros. Uso ela bastante na hora de criar meus artigos e nos serviços SEO que eu presto também.
    Obrigado por cita-la.

    Abraço e Sucesso!

  • John Silva disse:

    Olá Julio!

    O exemplo do Google Adsense é essencial, pois é uma forma de monetização bem simples e com grande retorno. É uma forma que mantenho em constante monitoração, além de realizar diversos testes.

    Acredito também que com bons artigos direcionando os leitores para os programas de afiliados fazem a diferença, mesmo com pouco tráfego.

    Parabéns pelo artigo.

    Abraços e muito sucesso!

    1. Julio Cesar disse:

      Olá John Silva,

      Obrigado pelo seu comentário.

      Abraço e sucesso!

  • tonyrson disse:

    Ola Julio parabens pelo Blog, Muito bom seu artigo gostei muito, e se parece muito comingo na busca incasavel de melhorar minhas conversoes e Lucros com Adsense. Escultase falar na rede que é precisso ter umas 1000 visitas para se obter lucros com seu blog eu descordo. E concordo com você sobre as 150 visitas sendo de qualidade, geram mais lucros que 1000 sem intereçe, e sem passar uma boa informação para seu publico alvo

    1. Julio Cesar disse:

      Olá tonyrson,

      Agradeço ao elogio feito em relação ao artigo, o elogio feito ao blog, passo todos os créditos ao Fabio, pois ele que batalhou para levar o Dinheiro Mais aonde estamos hoje.

      Abraço e Sucesso!

  • JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    100% livre de spam.

    Damos valor à sua privacidade

    Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

    Cookies estritamente necessários

    Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

    Cookies de desempenho

    Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

    Cookies de funcionalidade

    Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

    Cookies de publicidade

    Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

    Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

    Este Blog usa cookies em seus plugins e banners. Ao continuar você confirma que aceita os termos e está ciente.

    Criado por WP RGPD Pro